PUBLICIDADE
chiquinho
chiquinho

Tragédia: Seis mortos e dezenas de feridos em queda de caminhonete

PUBLICADO DIA: 14/10/2019
POR: Portal Goioerê

Seis mortos e 30 feridos na queda de uma caminhonete em uma ribanceira na PR-092, no fim da tarde deste domingo (13), entre Doutor Ulysses e Cerro Azul, região metropolitana de Curitiba. O grupo retornava de um culto evangélico e dezenas de pessoas eram transportadas na carroceria, uma prática comum no interior. O motorista do veículo, uma das vítimas fatais, se perdeu na curva e o veículo caiu de uma altura de 20 metros.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), quatro pessoas morreram no local e duas no hospital. Entre as vítimas, o motorista da F4000, o filho dele que era cadeirante, de 18 anos, e a cunhada. Um pastor também está entre as vítimas fatais do acidente, que mobilizou uma cidade inteira e até um helicóptero Águia vindo de São Paulo.

O acidente

A caminhonete retornava de Doutor Ulysses para Cerro Azul após um culto religioso. Na altura da serrinha, um trecho sinuoso, aconteceu a queda. Uma vítima que estava na caminhonete conseguiu enviar um áudio a familiares. “A gente estava vindo da igreja e o motorista se perdeu e caiu. Tem muita gente machucada e outras que morreram, mas não sabemos quem eram”, disse, com voz de choro.

 


Logo após a tragédia, a cidade de Cerro Azul passou a receber os primeiros feridos. A secretária de Saúde, Priscila Marconato, disse que a notícia chegou por volta das 17h45. “Recebemos a informação de que eram dezenas de feridos e toda a equipe foi mobilizada. Já no início, foram duas vítimas bem graves e cerca de 15 com ferimentos leves. No decorrer da noite, outras vítimas foram chegando”, explicou, confirmando que ao todo foram 30 feridos.
De acordo com Marconato, a cidade é pequena então todo mundo se conhece. “A maioria das vítimas é parente uma da outra. Então, foram muitas vítimas fatais no local e temos que pensar nas famílias destas pessoas. Todo mundo aqui está em estado de choque”, ressaltou.

Socorro no local

O cabo Faustino, da Polícia Militar, disse à Banda B que quando a equipe chegou a cena era de desespero. “Foi uma cena bem complicada. Imediatamente, com o apoio da população, foi feito o resgate às vítimas. Já tinham várias pessoas com muitos traumas. Conseguimos resgatar na média de 21 vítimas com vida inicialmente. Foi muito impactante aqui no local”, descreveu.
Já o subtenente Coelho, do Corpo de Bombeiros, explicou que o deslocamento ao local foi complicado. “Inicialmente, uma equipe de Rio Branco do Sul foi ao local e a população fez o resgate. Na nossa chegada, permaneciam mais as pessoas que morreram. É um trecho com um desnível muito grande”, explicou.
Pratica comum

 

Embora irregular, a pratica de levar dezenas de pessoas na parte de trás de caminhonetes é comum no interior. O morador Edgar Fagundes, que vive na área rural e perdeu o sobrinho no acidente, confirmou à reportagem. “Eles iam assim para não locar ônibus e ficava mais barato. Foi algo inesperado e a gente não consegue entender como isso foi acontecer”, lamentou.
Já Daniel Timoteo, cunhado do motorista morto, disse que o caminhão não tinha nem um ano de uso. “Era novo, não dá para entender o que aconteceu. Foram para um culto e na volta aconteceu isso”, lamentou.
Há ainda pelo menos duas vítimas feridas gravemente internadas em hospital. O corpo das vítimas foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).
FONTE: BANDA B

PUBLICIDADE
© COPYRIGHT 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Portal Goioerê