PUBLICIDADE
chiquinho
chiquinho

Soldado atira contra colegas, mata subtenente e soldado e é morto em seguida

PUBLICADO DIA: 03/09/2018
POR: Portal Goioerê
[ssba]

Dois policiais militares morreram na hora e outro ficou ferido na manhã deste domingo (2) morreu logo depois em um hospital da cidade, em um tiroteio na 6ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em Ivaiporã. As informações iniciais são de que um soldado teria atirado contra dois colegas ao assumir o turno, e acabou morto em seguida.

Testemunhas relataram que o soldado, de 26 anos, chegava da cidade de Pitanga para assumir o turno de serviço na sede da Organização Policial Militar (OPM). O jovem teria atirado contra carros já na rodovia e, ao chegar à sede, encontrou o subtenente Luiz Antonio Abba e o soldado Robson Alves Medina dentro da viatura da PM.

O soldado atirou contra ambos e matou o subtenente, que estava no banco do motorista, na hora. O soldado Medina também foi atingido e foi socorrido em estado gravíssimo e morreru logo depois. Para conter a confusão, outros policiais que estavam na CIPM saíram do local e atiraram contra o soldado, que foi atingido na cabeça e morreu na rua.

Testemunhas relataram, ainda, que o soldado já respondia diversos procedimentos administrativos, sendo que um dele estava encarregado ao subtenente morto na confusão. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).

A reportagem entrou em contato com a assessoria da PM, e aguarda posicionamento.

Atualização
Em nota, a Polícia Civil informou que um inquérito policial será instaurado pela Delegacia de Ivaiporã para apurar as mortes. “De acordo com as informações iniciais um soldado da PM entrou na corporação por volta das 7h da manhã atirou contra dois policiais militares que estavam trocando de plantão, saiu do local e morreu na frente da Cia”, explica a nota.

A polícia informou, ainda, que a Criminalística também foi acionada, pois o soldado atirou contra um carro que trafegava pela rodovia. “O delegado da cidade, Gustavo Dante da Silva, lamenta o ocorrido e presta todo o apoio a co-irmã. A Polícia segue com as investigações para esclarecer o ocorrido. Outros detalhes não serão repassados para não atrapalhar os trabalhos policiais”, completa a nota.

PUBLICIDADE
© COPYRIGHT 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Portal Goioerê