PUBLICIDADE
chiquinho
chiquinho

Secretaria de agricultura e Emater aplicaram palestra sobre manejo de pragas e doença da cultura da soja

PUBLICADO DIA: 18/12/2017
POR: Portal Goioerê
[ssba]

Foi realizado na última quinta-feira14, na propriedade de senhor Ildo Nunes Maciel, nos distrito da Jóia uma reunião com os produtores , onde o tema discutido foi sobre o Manejo Integrado de Pragas (MIP) e Manejo de doença (MID).
Participaram do evento 15 agricultores que durante o evento tiveram palestra sobre o Manejo Integrado de Pragas, manejo de doença com o Técnico da Emater José Aloisio Basaglia e com o Secretário de Agricultura do Município Rondinelli Pietro.

Os agricultores tiveram a oportunidade de conhecer a Unidade de referência, que tem como objetivo , aumento da renda, promover melhoria nos sistemas de produção e obter registrar e divulgar referência de trabalho.
A tecnologia do monitoramento de pragas e inimigos naturais desenvolvida pela Embrapa, e uma prática que raciona o uso de inseticidas na lavoura, fazendo com que o produtor diminua os gastos com produtos químicos, combustível, tempo, preserve a sua saúde e o meio ambiente. A prática do MIP leva em consideração os níveis de danos econômicos e primeiras incidências de doenças para entrar com o controle químico, sendo assim excluindo as chamadas aplicações calendarizadas ou preventivas.

O MIP foi criado para aplicar em campo, técnica de uso mais racional de agrotóxicos, visando ao controle das pragas das lavouras com o menor impacto possível aos inimigos naturais das mesmas e o menor dano ambiental, incluindo menor risco de acidente ao aplicador de agrotóxicos.

Uma das preocupações do Emater e Secretaria de agricultura do município, é o uso calendarizado de inseticidas e fungicidas que diminui consideravelmente a rentabilidade do produtor no final da safra. Além disso, aplicar defensivo em data específica e sem examinar a situação do ataque de pragas e doenças também significa perder a eficiência desses produtos ao longo do tempo. Sem o surgimento de novas moléculas para atender o produtor a tempo – já que as pesquisas demoram anos até que de fato o defensivo chegue no mercado – o perigo ronda a cultura da soja, principalmente quando se trata da ferrugem asiática.

A reunião prática faz parte da Campanha Plante Seu Futuro, da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná, empresas vinculadas e instituições parceiras que incentivam a adoção de boas práticas para uma agricultura sustentável, dentre elas o MIP e o MID.

PUBLICIDADE
© COPYRIGHT 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Portal Goioerê