PUBLICIDADE
chiquinho
chiquinho

Marcel Micheletto é eleito deputado estadual

PUBLICADO DIA: 08/10/2018
POR: Portal Goioerê
[ssba]

O ex-prefeito de Assis Chateaubriand, Marcel Henrique Micheletto foi eleito deputado estadual com uma votação de 43.176 votos, totalizando 0.76% dos votos no Paraná.
Marcel Micheletto renunciou o cargo prefeito e colocou seu nome a disposição da coligação, para disputar o cargo de deputado, mas também na época chegou a ser cogitado que pudesse ocupar o cargo de vice de Ratinho. Com as definições da coligação, ele seguiu a campanha para deputado. Em Assis Chateaubriand dos mais de 20 mil votos bons, Marcel conseguiu mais de 14 mil votos.

História
1970 – Assis começa a escolher seus deputados
Nas eleições de 1970, a população de Assis Chateaubriand foi pela primeira vez, na qualidade de município emancipado, escolher seus representantes na Assembleia Legislativa, na Câmara Federal e no Senado. Agnaldo Pereira Lima, com 3.372, e Pinto Dias com 2.575 votos, foram os deputados estaduais mais votados. Para deputado federal, Roberto Galvani com 4.171 e Leprevost com 1.386 votos, foram os dois mais votados.
Para senador, Acyoli Filho, 6.479, Mattos Leão 6.485 e José Richa com 2.239 votos. Naquele ano, as duas vagas foram preenchidas por Acioly e Mattos Leão. Para governador, por força da ditadura militar, Jaime Canet Júnior foi nomeado pelo presidente da República.
1974 – Assis elege o seu primeiro deputado estadual
Com oito anos de emancipação, Assis despontava como uma grande força no Oeste em todos os sentidos, inclusive na política, pois quando cidades consideradas de grande porte ainda não tinham seus representantes na Assembleia, em 1974 o advogado e professor Edilson de Alencar Barbosa, recém-chegado de Guaraniaçu, foi eleito deputado estadual pelo MDB, com 16.044 votos. Em Assis, Edilson fez 7.170 votos. O segundo mais votado foi Agnaldo Pereira Lima, com 2.315 votos.

1978 – Assis lança dois candidatos a deputado estadual
Em 1978, Edilson Alencar foi reeleito com 14.609, obtendo em Assis a expressiva votação de 6.640 votos. Neste ano, o advogado criminalista José Bolívar Bretas foi candidato a deputado estadual, também obtendo 1.326 votos em Assis. O segundo mais votado foi Egon Pudel, autor da lei que emancipou Assis Chateaubriand, com 2.126 votos. Naquele ano, Agnaldo Pereira Lima baixou para apenas 545 votos

1986 – Assis lança o primeiro candidato a deputado federal
Em 1986, lançou cinco candidatos a deputado estadual: Edilson Alencar 17.123 votos (Ficou 1º suplente, assumindo os dois últimos anos), Luiz do Amaral 9.366 votos, José Costa 8.907 votos, Wilson Reis 1.937 votos e Arnaldo Lulu 479 votos.
Em 1986, pela primeira vez na história, Assis Chateaubriand lançou um candidato a deputado federal, o jornalista e diretor do jornal “O Regional”, Ademir Brito dos Santos, que apesar de uma boa votação não se elegeu, mas abriu picadas para mais tarde o agrônomo Moacir Micheletto se lançar, eleger e reeleger por seis mandatos consecutivos.

Em 1990, Assis lança quatro candidatos a deputado estadual e um a federal
Neste ano Assis repetia a insensatez ao lançar quatro candidatos a deputado estadual, sem nenhuma chance de fazer um representante na Assembleia. O mais votado foi José Costa, com 3.910, seguido de Wilson Reis 765, Joaquim Nunes Ribeiro 763 e Aninoel do Couto com 500 votos.
Neste mesmo ano Assis Chateaubriand começava a entrar para a história política do Paraná com a expressiva votação de Moacir Micheletto para deputado federal. Em Assis ele fez 10.259 votos, 45.7%, ficando como primeiro suplente.

Em 1994, Assis voltou a lançar cinco candidatos
Nas eleições de 1994, Assis voltou a lançar quatro candidatos a deputado estadual, a mais votada foi Fátima Amaral 12.131, José Costa, 5.984, Koite Dodo 3.460 e Mauro Guerra 1.823 votos. Nenhum foi eleito. Moacir Micheletto ficou novamente na suplência com um total de 30.679 votos.

Em 1.998
Assis lançou três candidatos para deputado estadual: Luiz do Amaral, 4.830, Helena Miura da Costa, 2.962 e coelhão, 989 votos. Ninguém se elegeu. Ainda foram bem votados em Assis os deputados Thiago de Amorim Novaes, 1.182 e Duílio Genari 1.713 votos.

Em 2002
Assis lançou dois candidatos para deputado estadual; Ademir Brito dos Santos e Alice Novaes (irmã do Thiago, assassinado poucos meses antes da eleição). Ademir fez 6.133 e Alice 1.777 votos.
Assis teve dois candidatos a deputado federal; Micheletto, que foi reeleito, e Aninoel Pedroso do Couto. Micheletto fez em Assis 9.850 e Aninoel 2.604 votos.

Em 2006
Assis lançou dois candidatos a deputado estadual: Zezinho da Sino Pneus 4.684 votos e Pastor Pardinho 1.609 votos. Micheletto foi reeleito mais uma vez com 10.312 votos ´para deputado federal.

Em 2010
Assis teve só um candidato a deputado estadual, Flávio Ferrari, que conseguiu 4.340 votos em Assis e 10.975 no total geral.
Micheletto se reelegeu novamente com 10.461 votos.

Em 2014
Assis lançou só um candidato a deputado estadual, Flávio Ferrari que fez 5.088 votos em Assis e 11. 345 votos no total geral.

Em 2018
Assis lança dois candidatos a deputado estadual; Marcel Micheletto (PR) e Professora Josi Cruz (PT)

Fonte: Ademir de Brito/ O Regional

PUBLICIDADE
© COPYRIGHT 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Portal Goioerê