PUBLICIDADE
chiquinho
chiquinho

Bancários e Fenaban voltam a negociar em busca de acordo

PUBLICADO DIA: 27/09/2016
POR: Portal Goioerê
[ssba]

O Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) voltam à mesa de negociação nesta terça-feira (27), às 14 horas, para tentar chegar a um acordo que coloque fim à greve dos bancários, que completou 21 dias nesta segunda-feira (26).

A data-base dos bancários é 1º de setembro. A categoria entregou pauta com as reivindicações no dia 9 de agosto e, após cinco rodadas de negociação com a Fenaban, não houve acordo para o índice de reajuste e demais reivindicações.

No dia 30/8 os bancos apresentaram proposta com reajuste de 6,5%, com R$ 3 mil de abono para os trabalhadores. A categoria rejeitou a proposta e a greve teve início no dia 6 de setembro. A segunda proposta aconteceu no último dia 9, com reajuste de 7% (com 2,39% de perda salarial) e abono de R$ 3,3 mil, rejeitada na mesa de negociação. Nas outras duas reuniões, em 13 e 15 de setembro, não houve mudança na proposta. O sindicato dos bancários pede 14,78% de reajuste (alta real de 5%, considerando a inflação).

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) destacou, em nota, que o uso de canais alternativos às agências bancárias para fazer operações, especialmente os meios eletrônicos, tem sido eficaz para minimizar os efeitos da greve.

Juntos, internet banking e mobile banking responderam por mais da metade das transações bancárias (54%). “O internet banking foi o canal responsável pelo maior número de transações em 2015, com 33% do total, o equivalente a 17,7 bilhões de operações bancárias. As contas com internet banking saltaram de 56 milhões, em 2014, para 62 milhões no ano passado”, reforça a Febraban.

(conteúdo Estadão)

PUBLICIDADE
© COPYRIGHT 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Portal Goioerê